A voz solitária do Xingu

A Voz do Xingu”, único jornal impresso de Altamira, de circulação quinzenal, é distribuído gratuitamente na cidade e em doze municípios vizinhos. Ele se mantém com anúncios do comércio local e com a publicação de editais e outros avisos legais obrigatórios. Foi fundado em 2012 pelo jornalista Wilson Soares, que fotografa e escreve parte das reportagens publicadas.

O lema do jornal é “Quem lê está bem informado.” Mas alguns textos são releases retirados na íntegra dos sites do Ministério Público do Pará, da Polícia Civil do Pará e de promotorias do interior.

O jornal não recebe verba publicitária da prefeitura, que o vê como veículo de oposição ao prefeito Domingos Juvenil. “No interior do Pará, o jornalista que faz uma cobertura crítica é rotulado como de oposição, mesmo que não seja vinculado a partido político, como eu.” diz Soares.

Pelas edições impressas de novembro de 2018 a janeiro de 2019,


Continue lendo no Observatório da Imprensa.