No primeiro semestre de 2022, Bolsonaro gastou mais com publicidade no Facebook do que nos anos de 2020 e 2021

Nos seis primeiros meses do ano, a Secretaria Especial de Comunicação (Secom) do Planalto pagou ao Facebook R$ 4 milhões para veicular anúncios do governo federal. O valor supera o que foi gasto nos anos de 2021 e 2020. Em 2021, de janeiro a dezembro, o governo pagou R$ 2,9 milhões para anunciar na plataforma; em 2020, foram R$ 3,7 milhões. Em 2019, o valor foi o mesmo que no primeiro semestre de 2022: R$ 4 milhões.

Apesar desse incremento notável, o governo tem reduzido proporcionalmente as verbas de publicidade que vão parar na internet. Em 2020, a Secom destinou 20% de todo o dinheiro de propaganda para plataformas online, o maior patamar até hoje. De lá para cá, no entanto, essa fatia caiu pela metade. Tanto em 2021 quanto no primeiro semestre de 2022, os anúncios na internet responderam por apenas 10% do que foi gasto pelo governo com

Continue lendo na Revista Piauí.