Insanidade de Bolsonaro é lucrativa para militares

Continue lendo no Josias de Souza.