Em 2022, gastos do governo Bolsonaro com publicidade na tevê são os maiores desde o começo do mandato

De janeiro a junho de 2022, o governo Bolsonaro pagou R$ 47,9 milhões para fazer publicidade em emissoras de televisão – maior valor para o primeiro semestre do ano desde o começo do mandato. No mesmo período de 2019, o gasto com anúncios televisivos foi de R$ 43,4 milhões; em 2020, de R$ 20,2 milhões; no ano passado, foram R$ 36,9 milhões.

 

Os dados da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) mostram que o governo tem investido mais em mídias tradicionais na hora de veicular anúncios. Em 2020, a Secom apostou pesado na internet, destinando 20% das verbas de publicidade para propagandas online. No ano seguinte, contudo, essa proporção caiu para 10% – e permaneceu assim no primeiro semestre de 2022. A televisão, enquanto isso, ganhou espaço no orçamento.

 

Confira os dados completos na seção =igualdades desta semana.

O post Em 2022, gastos do governo Bolsonaro

Continue lendo na Revista Piauí.