Ex-gestores da Caixa denunciaram em 2020 gestão abusiva e perseguição sob Pedro Guimarães

Grupo diz que mais de 500 profissionais foram obrigados a aceitar rebaixamento de funções e mudança de local de trabalho sem critério. Investigação não foi ainda concluída. Procurador afirma que precisa ouvir mais testemunhas.