Em Curitiba, Câmara de Vereadores decide pela cassação de Renato Freitas (PT)

Nesta terça-feira, 21, a Câmara de Vereadores de Curitiba decidiu pela cassação do vereador Renato Freitas (PT). O parlamentar curitibano responde a um processo por quebra de decoro.

Na votação em 1° turno realizado ontem, 25 vereadores votaram pela cassação, uma abstenção e apenas 7 foram contrários. O segundo turno vai acontecer nesta quarta-feira, 22.

Lembrando que na Câmara de Curitiba, bastam 20 votos mais um para deliberar a cassação de qualquer parlamentar. Outro ponto relevante é que mesmo com esse resultado, a defesa de Renato Freitas poderá recorrer na Justiça.

O processo contra o vereador foi instalado após liderado uma manifestação dentro da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos em fevereiro deste ano. Na ocasião, o protesto ocorreu depois das mortes do congolês Moïse Kabagambe e de Durval Teófilo Filho. Nas redes sociais, o vereador alega que o processo contra ele é fruto de perseguição.

Continue lendo no O Cafezinho.