Após sair em defesa de Milton Ribeiro, Bolsonaro muda discurso sobre ex-ministro

Preso na manhã desta quarta-feira, 22, durante operação da Polícia Federal, o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi jogado ao mar e sem bóia por Jair Bolsonaro (PL).

Em entrevista à Rádio Itatiaia de Minas Gerais na manhã de hoje, o inquilino do Planalto defendeu que o pastor “responda pelos atos dele”:

“O caso do Milton, pelo que eu estou sabendo, é aquela questão que ele estaria com uma conversa meio informal demais com algumas pessoas de confiança dele”, disse.

“E daí houve denúncia que ele teria buscado prefeito, gente dele, para negociar, para liberar recursos. O que acontece? Nós afastamos ele. Se tem prisão, é Polícia Federal. É sinal de que a Polícia Federal está agindo. Ele responda pelos atos dele”, prosseguiu.

“Mas, se tem algum problema, a PF está agindo. Está investigando. É um sinal que eu não interfiro na PF. Porque isso vai respingar em mim,

Continue lendo no O Cafezinho.