QG da reeleição vê mulher como trunfo contra rejeição e planeja oferecer saída honrosa para Braga Netto desistir

Ideia é oferecer garantia ao atual ministro da Defesa que ele permanecerá à frente de um ministério em caso de reeleição. Um dos nomes cogitados é o de Tereza Cristina, ex-ministra da Agricultura, que diz desconhecer movimentação. Último Datafolha mostrou Lula com 49% e Bolsonaro com 23% entre as mulheres.