Selva?! Com 48 horas de atraso, foi assim que o Exército buscou Bruno Pereira e Dom Philips hoje

Foi só nesta terça pela manhã que o Exército anunciou o deslocamento de um ou dois barquinhos com soldados que se juntaram às buscas pelo indigenista Bruno Araújo Pereira e o jornalista Dom Phillips. Àquela altura, já haviam decorrido 48 horas do desaparecimento deles nalgum ponto do rio Itacoaí entre a comunidade ribeirinha de São Rafael e a cidade de Atalaia do Norte, no Amazonas.

Até esta manhã, não havia efetivo do Exército na região, segundo as organizações de proteção aos indígenas que estão atuando nas buscas. No começo da tarde, era assim que o Comando Militar da Amazônia estava operando as buscas, segundo o próprio Exército divulgou:

Segundo o Exército, a 16º Brigada de Infantaria de Selva “mobilizou equipes de especialistas em operações na selva”.

Comando Militar da Amazônia

No começo da tarde – mais de 50

Continue lendo no The Intercept.