Em primeira nota conjunta, Lula e Alckmin parabenizam cardeais brasileiros escolhidos pelo Papa