Petistas apostam em França, não Molon, abrindo mão da eleição

Na visão de dirigentes petistas, o ex-governador de São Paulo tem mais opções para abrir mão da candidatura do que o deputado fluminense

Compartilhe
Artigo anteriorA Furna da Marruá
Próximo artigoDoria afunda atirando