Mulheres governam Piauí e Ceará pela primeira vez – mas seus partidos querem tirá-las de cena

Foto 1: Philipe Nago/Partido dos Trabalhadores | Foto 2: Keiny Andrade/Folhapress

Março, o mês da mulher, se encerrou com festa no Piauí, e abril começou do mesmo jeito no Ceará. Regina Sousa, do PT piauiense, e Izolda Cela, do PDT cearense, tomaram posse como governadoras. Elas são as primeiras mulheres a ocuparem o cargo nesses estados. Sousa foi também a primeira pessoa negra a alcançar o posto no Piauí, ao menos na história recente – pelas imagens antigas dos governadores, não é possível saber sua raça.

Sousa e Cela assumiram depois que os governadores petistas Wellington Dias e Camilo Santana deixaram seus cargos para se candidatar ao Senado nas eleições deste ano. A imprensa repercutiu a posse das duas como um fato histórico, e os movimentos sociais, principalmente o movimento negro, também comemoraram. Mas, se resgatarmos como as coisas se dão para as mulheres na política,

Continue lendo no The Intercept.