Meu chuchu

Geraldo Alckmin foi aplaudido 15 vezes pela plateia de 4 mil pessoas, fundamentalmente petistas, que lotou o Expo Center Norte no lançamento do movimento Vamos Juntos pelo Brasil, realizado no sábado, dia 7.

Em dois momentos, o discurso de Alckmin foi aplaudido de pé. Ao final do evento, a opinião era quase unânime: o vice roubou a cena. Nos bastidores, lideranças importantes da esquerda, como o ex-governador do Maranhão Flávio Dino, do PSB, o candidato ao governo do Rio Marcelo Freixo, do mesmo partido, e o senador Humberto Costa, do PT pernambucano, chegaram a brincar que “agora ficamos à direita do Alckmin”.

O ex-governador do Piauí Wellington Dias, do PT, que vai integrar a coordenação da campanha de Lula, resumiu o discurso de Alckmin como “sincero, firme e emocionante”.

Pode parecer pouca coisa, mas não é. Quase 20 anos atrás, e em circunstâncias muito diferentes das atuais, José Alencar foi

Continue lendo no The Intercept.