Bolsonaro é o 1º desde o real a deixar salário-mínimo menor

Caso não se reeleja, Jair Bolsonaro (PL) será o primeiro presidente desde a implantação do real a deixar o salário mínimo com um poder de compra menor, descontada a inflação, do que o de quando quando chegou ao governo. Segundo a corretora Tullett Prebon Brasil, que fez o cálculo, a perda será de pelo menos 1,7%, caso a alta nos preços de estabilize. (Globo)

Outro contraste é na política de reforma agrária. Aprofundando o modelo do governo Temer, Bolsonaro praticamente extinguiu o processo…

Continue lendo no Canal Meio.