Diante de ameaças de Bolsonaro, interlocutores de Lula consultam militares sobre risco de golpe

Assessores ouvidos pelo blog dizem que generais da ativa afirmam que não apoiarão “loucuras” do presidente e que os militares alinhados a ele não têm força para provocar ruptura institucional.