Suprema Corte dos EUA deve liberar proibição do aborto

A guerra conservadora nos EUA contra do direito ao aborto atingiu um novo patamar ontem com o vazamento de um rascunho de acórdão (leia a íntegra em inglês) da Suprema Corte para tirar da prática sua proteção constitucional. O documento, elaborado pelo ministro ultraconservador Samuel Alito, reverte a histórica decisão do caso Roe x Wade, de 1973, que estabeleceu a interrupção da gravidez como um direito, depois confirmado em outra decisão de 1992. “Roe estava notoriamente errada desde o…

Continue lendo no Canal Meio.