Exclusivo: Coronel com alto cargo no governo Bolsonaro empresta conta bancária a Fabrício Queiroz, mostra documento

Um coronel da reserva do Exército indicado assessor da presidência da Casa da Moeda do Brasil pelos generais do governo Bolsonaro cultiva há duas décadas uma relação de confiança mútua com Fabrício Queiroz. Ele mesmo, o acusado de operar o esquema milionário das rachadinhas do filho 01, o senador Flávio Bolsonaro, do PL do Rio.

O coronel Washington Luiz Lima Teixeira é o primeiro elo claro entre um militar com cargo no alto escalão do governo Bolsonaro com Queiroz, homem-bomba do clã presidencial. As relações entre os dois incluem a venda de um imóvel e uma procuração em que o coronel Teixeira deu a Queiroz “amplos poderes” para operar suas contas bancárias pessoais na Caixa.

Graças ao apoio do que chamou, em entrevista ao Intercept, de “um grupo seleto [de oficiais] dentro da força”, Teixeira, 61 anos, é assessor da

Continue lendo no The Intercept.