Carlos França aumenta e diversifica encontros no Itamaraty

A mudança de tom do Itamaraty desde a posse de Carlos França, em abril de 2021, está refletida na agenda de encontros com autoridades de outros países, no Brasil e no exterior, e de viagens internacionais. O chanceler ampliou conexões com países da região e focou na OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico) e no Mercosul.

Nos encontros bilaterais, os Estados Unidos se mantiveram no topo da agenda em seus 9 meses no cargo. O total de reuniões com os norte-americanos foi o mesmo que com autoridades portuguesas –7.

O Poder360 compilou dados das agendas de França e de seu antecessor, Ernesto Araújo. Para haver equidade, foram tomados como base os períodos de abril a dezembro de 2021, no caso do atual chanceler, e de 2020, no de Araújo. A comparação evidencia a alteração de rumo –mas não uma guinada.

França e Ernesto tiveram números parecidos


Continue lendo no Poder 360.