Moro critica Supremo e diz que não tem “diálogo” com Ciro

Nesta sexta-feira, 14, a revista Veja publicou uma entrevista feita com o ex-juiz e pré-candidato a presidência pelo Podemos, Sérgio Moro.

Ocupando a terceira colocação nas pesquisas, ele não deixou de atacar o ex-presidente Lula e seu possível retorno a presidência.

“O governo do PT foi baseado em modelos de corrupção. O retorno de Lula ao poder depois dos escândalos do mensalão e do petrolão seria um tapa na cara de todos os brasileiros. Seria dar aval à roubalheira, dizer à sociedade que se pode roubar à vontade”, declarou.

Moro diz que pretende ser presidente para “romper essa polarização”, sem especificar o que seria feito no Brasil no seu possível governo. Ele ainda afirmou que tem credibilidade para mudar o país.

“Tenho a credibilidade construída durante minha carreira de juiz, especialmente na Operação Lava-Jato, em que conseguimos responsabilizar pessoas que tinham cometido grandes crimes de corrupção, e durante


Continue lendo no O Cafezinho.