De operador da “rachadinha” a candidato a deputado federal

A trajetória de Fabrício Queiroz, cortejado por pelo menos quatro partidos políticos para disputar uma vaga na Câmara Federal este ano, é a prova de que no Brasil o crime compensa

Veja mais de Edna Lima

Continue lendo no Os Divergentes.