“Bastou um deslize para boa parte de minha família pegar Covid”

As festas de fim de ano, realizadas em meio ao avanço da variante Ômicron, que é mais transmissível, fizeram o coronavírus se disseminar velozmente. Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou mais de 34 mil novos casos de Covid-19. Muitos dos afetados são da mesma família. Contaminada pouco antes do Natal, a dentista Simone Helena Ferreira, de 58 anos, se reuniu com oito parentes para celebrar a data. Cinco deles também se infectaram, incluindo um idoso de 86 anos. Ninguém teve sintomas graves, devido à vacinação.

Em depoimento a Amanda Gorziza

 

Sou dentista, especificamente odontopediatra e ortodontista. Leciono na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) e trabalho tanto no consultório de lá quanto no meu. Em 2020, nos dois primeiros meses da pandemia, não atendi nenhum paciente. A partir do terceiro mês, retomei lentamente as atividades no consultório particular, priorizando as urgências. No da universidade, só voltei aos atendimentos em

Continue lendo na Revista Piauí.