Governo desiste de receita para vacinação infantil

Mais de um mês depois de autorizada pela Anvisa, a vacinação de crianças entre cinco e 11 ganhou ontem suas regras. O governo desistiu da exigência de prescrição médica para a imunização, uma das novas bandeiras do ministro Marcelo Queiroga e do presidente Bolsonaro. O primeiro lote de vacinas pediátricas da Pfizer está previsto para chegar no dia 13, e, se o cronograma for cumprido, a imunização poderá começar entre os dias 14 e 15. As crianças serão vacinadas em ordem decrescente de…


Continue lendo no Canal Meio.