Em um dia, o lixo têxtil coletado somente na região do Brás, em São Paulo, pesa quase o mesmo que dois iates de luxo juntos

A região do Brás, em São Paulo, é conhecida nacionalmente por concentrar inúmeras indústrias têxteis e lojas de confecção em suas imediações. O lixo têxtil que a região produz é significativo: cerca de 45 toneladas por dia, o mesmo peso de dois iates de luxo do modelo Tecnomar Lamborghini 63 juntos. Segundo o relatório Fios da Moda, essa quantidade faz com que cerca de 16 caminhões de lixo sejam lotados com os resíduos têxteis do bairro todos os dias. 

Juntos, os bairros do Brás, Bom Retiro e Vila Mariana produzem cerca de 63 toneladas por dia do lixo de tecidos. Somente o Bom Retiro, onde estão cerca de 1,2 mil confecções, produz cerca de 12 toneladas de sobras de tecidos por dia.

 As perdas de tecido podem chegar a 20% dos tecidos usados nas fábricas. Esse percentual é totalmente descartado e, na maioria das vezes, vai parar em lixões. A

Continue lendo na Revista Piauí.