Drone dá choque em migrante na fronteira em vídeo de startup dos EUA

A Brinc, uma empresa ascendente entre as muitas que disputam o mercado da venda de drones para órgãos policiais, tem um mito fundador atrativo: logo após um ataque a tiros ocorrido em Las Vegas em 2017, o jovem criador da startup decidiu ajudar as polícias com o uso de robôs não violentos. No entanto, um vídeo promocional da empresa obtido pelo Intercept revela uma visão diferente: a venda de drones equipados com armas de choque, visando atacar migrantes que cruzam a fronteira dos EUA com o México.

O fundador e CEO da empresa, Blake Resnick, apareceu recentemente na Fox Business News para comemorar uma conquista de capital de risco: o investimento de 25 milhões de dólares obtido junto a nomes importantes do Vale do Silício, como Sam Altman, Jeff Weiner – ex-CEO do LinkedIn e fundador da Next Play Ventures – e o ex-secretário de Defesa Patrick Shanahan. Aos 21

Continue lendo no The Intercept.