O macaense que deu a volta na vida e ajuda outros com o futebol,…

Ele já beneficiou muita gente. E banca tudo sozinho. Precisa de ajuda, de apoio, de dinheiro para continuar tocando o projeto, que não pode parar — mesmo porque a gente sabe que os governos não fazem nada nesse sentido.

Continue lendo no Luis Nassif.