Nos Estados Unidos, respostas a pedidos de informação demoram cinco vezes mais do que no Brasil

O tempo médio de espera por uma resposta em pedidos de informação nos órgãos federais dos Estados Unidos é de 77 dias, cinco vezes mais demorado do que no Brasil, onde o tempo médio de resposta na Lei de Acesso à Informação (LAI) é de 15 dias. Dado o volume de demandas recebidas nos Estados Unidos, há pedidos que ficam sem resposta por anos. No último balanço da lei de acesso americana, fechado em 2020, o pedido mais antigo era do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, com 2622 dias de atraso, ou seja, sete anos e dois meses. 

Em 2006, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos ordenou que todas as agências incluíssem a data de seu pedido pendente mais antigo em seu relatório anual da Freedom of Information Act (FOIA), a lei de acesso americana. Conforme o The FOIA Project, os atrasos nas respostas também geram acúmulo e

Continue lendo na Revista Piauí.