Para cumprir o Acordo de Paris, a humanidade só poderá emitir em 80 anos a quantidade de CO2 que, no ritmo atual, emite em cerca de 10 anos

Os humanos emitiram cerca de 2,5 trilhões de toneladas de CO2 na atmosfera desde 1850, deixando menos de 300 bilhões de toneladas restantes para os países limitarem o aquecimento global a 1,5ºC até 2100, meta estabelecida pelo Acordo de Paris, assinado em 2015. Mantendo o ritmo atual, porém, essa quantidade será lançada em apenas uma década.

Depois dos Estados Unidos, da China e da Rússia, o Brasil aparece como a nação que mais emitiu CO2 historicamente, totalizando 113 bilhões de toneladas liberadas desde 1850. Isso representa 5% das emissões mundiais. Somadas as emissões do Reino Unido e da França, 110 bilhões de toneladas, o Brasil ainda permanece na frente. 

Fonte: World Inequality Lab

O post Para cumprir o Acordo de Paris, a humanidade só poderá emitir em 80 anos a quantidade de CO2 que, no ritmo atual, emite em cerca de 10 anos apareceu primeiro em revista piauí.

Continue lendo na Revista Piauí.