Mais solucionática e menos problemática

Foto: Kstudio/Freepik

O jornalismo enfrenta grandes desafios tanto em relação ao modelo de negócios como na contribuição que traz para a sociedade. A audiência dos telejornais e a tiragem dos jornais sofrem quedas acentuadas, efeito que não é compensado pelos canais digitais [1]. Os jornalistas seguem alertando a sociedade para seus múltiplos problemas, e isso é bom, mas estudos indicam que o excesso de negatividade pode ser contraproducente e contribuir para uma sociedade desalentada, radicalizada ou até violenta [2] — e isso é ruim.

A constatação é que a credibilidade do jornalismo é baixa. Levantamento recente mostrou que 61% dos brasileiros têm algum nível de desconfiança em relação ao trabalho da imprensa brasileira e só 16% a consideram “muito confiável” [3].

A conclusão inescapável é que alguma reforma é necessária,

Continue lendo no Observatório da Imprensa.