Justiça proíbe Forças Armadas de afastar militares trans por “transexualismo”

Em 2019, tanto a OMS, quanto o Conselho Federal de Medicina retiraram a transexualidade do rol de doenças mentais. Com base nisso, o TRF-2 afirmou que as Forças Armadas não podem considerar que a transexualidade é incapacitante

Continue lendo no Brasil 247.