Dois lados de um mesmo País

“Os trabalhadores cada dia mais pobres não conseguem rir nem mesmo de uma piada. Têm os olhos arregalados de medo de morrer de fome. Os empregos somem, a pandemia devasta com o apoio do governo”, escreve o cartunista Miguel Paiva

Continue lendo no Brasil 247.