Perguntas que a imprensa ainda não fez aos candidatos a presidente da República

Foto: The Climate Reality Project/Unsplash

Em 2022, se não for a primeira será uma das raras vezes na história do Brasil que a disputa eleitoral pela Presidência da República acontecerá em um cenário desenhado por três problemas concretos e urgentes que precisam serem resolvidos. O desemprego, que já atinge mais de 15 milhões de trabalhadores. O medo de ser a próxima vítima da Covid-19, que é representada pela vacinação a conta-gotas contra um vírus que já matou 600 mil brasileiros. E a devastação da Floresta Amazônica, que se não for combatida com urgência poderá resultar em sanções econômicas dos Estados Unidos e de países europeus ao Brasil. Nós jornalistas precisamos refletir que vivemos tempos especiais que foram moldados, não só no Brasil, mas ao redor do mundo, pela

Continue lendo no Observatório da Imprensa.