Na limpeza urbana, mulheres brancas têm mais que o dobro do risco de morrer de Covid-19 do que homens brancos

As mulheres estão muito mais suscetíveis ao perigo da Covid-19 que os homens que atuam como garis. Entre os trabalhadores da limpeza urbana, as mais afetadas pela doença são as mulheres brancas, com risco 130% maior de óbito por coronavírus que os homens brancos. Para as mulheres negras, a chance de falecer em virtude da doença é 75% maior que a deles.

window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area” });

No geral, mulheres brancas morrem menos por Covid-19 que homens brancos nas profissões do topo, mas estão muito mais expostas que eles nas ocupações da base do mercado de trabalho. Já as mulheres negras na base tendem a ser o grupo social mais vulnerável, seja por uma inserção mais frágil no mercado, seja por influência de uma maior sobrecarga de trabalho doméstico não remunerado.

Fonte: Rede de Pesquisa Solidária

O post Na limpeza urbana, mulheres brancas têm

Continue lendo na Revista Piauí.