Do avesso, Bolsonaro poderia ter virado um candidato imbatível em 2022

Continue lendo no Josias de Souza.