Vejam só: os malefícios da internet

O fascínio de Werner Herzog pela internet não impede que ele esteja atento a seus malefícios, conforme demonstra em Eis Os Delírios do Mundo Conectado, documentário que estreou no Sundance Film Festival, em janeiro de 2016, e foi exibido no 18º Festival do Rio, nesse mesmo ano. Dividido em dez capítulos numerados em algarismos romanos, com títulos, o filme é narrado pelo próprio diretor, em inglês, e está disponível na plataforma Mubi. O capítulo III – “O lado obscuro” –, visto hoje, no Brasil, destaca-se do restante da investigação sobre “uma das maiores revoluções que nós, humanos, estamos vivenciando”, conforme Herzog diz em voz off. 

window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area” });

Neste nosso país em que notícias falsas divulgadas nas redes sociais se tornaram instrumento eleitoral e de governo, são objeto de um inquérito do Supremo Tribunal Federal e foco de atenção da Comissão Parlamentar de

Continue lendo na Revista Piauí.