“Jair Peace and Love” não aparece na ONU; apenas o mentiroso de sempre

Continue lendo no Kennedy Alencar.