Clima fora de controle

No fim de agosto, a Câmara aprovou o projeto de lei 2510, que o deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB-SC) apresentou em 2019 e que afetará drasticamente as áreas de proteção permanente (APPs) urbanas no país, até então reguladas apenas pelo Código Florestal. Reformulado em 2012, depois de difíceis negociações, o código reconhece a importância de se preservarem os espaços naturais nas cidades e submete as APPs urbanas às mesmas restrições que atingem as zonas rurais. Análises científicas mostram que a conservação de tais espaços não somente evita ou reduz os desastres provocados por inundações em várzeas e deslizamentos de encostas, mas também abranda o estresse térmico. Como 84% da população brasileira vive em áreas urbanas, esses benefícios acabam salvando vidas.

window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area” });

O PL 2510, que teve 314 votos favoráveis e 140 contrários, ainda precisa tramitar no Senado. A proposta amplia

Continue lendo na Revista Piauí.