Onyx sinaliza novos ataques de Bolsonaro

Foto: Evaristo Sá/AFP

O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, manteve o tom crítico a ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) ao explicar, em entrevista à Rádio Guaíba, a nota assinada por Jair Bolsonaro (sem partido) de recuo após estimular os atos de caráter golpista no dia 7 de setembro.

Na avaliação de Onyx, o movimento do presidente faz com que as atenções se voltem ao Supremo. Sem citar nomes, ele criticou decisões de ministros que em sua visão formam “fatores de desequilíbrio” no Brasil.

“A bola está com o Supremo, quem tirou o trem do trilho foi o Supremo por conta de algumas decisões de alguns de seus ministros. Agora cabe ao Supremo de novo colocar o trem no trilho”, disse.

“O Supremo, pelas últimas decisões de alguns de seus membros e que espero que sejam revisadas, são fatores de desequilíbrio do Brasil. Cabe agora o STF encontrar

Continue lendo no Blog da Cidadania.