Bolsonaro promete a apoiadores voltar a barbarizar

Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro voltou a pedir paciência a apoiadores um dia após ter divulgado a nota de declaração à nação onde recuou das declarações de tom golpista e de ataque a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Nesta sexta-feira (10/9), em conversa com bolsonaristas na saída do Palácio da Alvorada, o chefe do Executivo relatou que “alguns querem imediatismo” e, no seu já conhecido estilo de comparar frequentemente cenários políticos a relações românticas, exemplificou que “se namorar e casar em uma semana, vai dar errado o casamento”, em referência a não buscar medidas precipitadas.

Ele destacou que a nota foi um aceno positivo ao mercado. “A Bolsa foi lá para cima e o dólar caiu”. Um dos apoiadores respondeu: “Aleluia, sabedoria”.

Bolsonaro alegou também que o país herdou “acúmulo de lixo” de 40 anos. “O que acontece: cada um fala o que quiser. O cara não

Continue lendo no Blog da Cidadania.