Bolsonaristas se recusam a desistir do golpe

Foto: Gustavo Moreno/Especial para o Metrópoles

Bolsonaro fraquejou? Ao acenar à harmonia entre os Poderes e ceder a pressões de aliados para recuar no discurso beligerante contra o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente da República rachou sua base mais ideológica nas redes sociais e grupos de aplicativos de mensagens. Famosos e anônimos que costumam apoiar incondicionalmente o chefe do Executivo estão mostrando abatimento desde o fim da tarde de quinta-feira (9/9), quando Bolsonaro divulgou sua carta à nação dizendo que suas falas contundentes podem ser apenas fruto do “calor do momento”.

O sentimento de traição é maior entre a franja de bolsonaristas que busca ruptura institucional no rastro dos atos de 7 de setembro, marcados por pauta abertamente golpista contra o STF.

Militantes, como os caminhoneiros que enfrentaram a polícia para permanecer na Esplanada dos Ministérios após a manifestação e os que promoveram bloqueios de estradas na maioria dos

Continue lendo no Blog da Cidadania.