Essencial do DCM: Fux bate pesado em Bolsonaro, Lira covarde se acoelha, Aécio evita debater impeachment

3.mar.2021 – Ministro Luiz Fux, presidente do STF, durante sessão plenária por videoconferência
Imagem: Nelson Jr./SCO/STF

Fux é o assunto. AO VIVO. Kiko Nogueira e Pedro Zambarda fazem o giro de notícias. Entrevista com os jornalists João Feres Jr. e Juliana Dal Piva.

LEIA MAIS:

1 – O rato que ruge e as instituições que miam. Por Fernando Brito

2 – Fernando Haddad fala ao DCMTV nesta quinta, dia 9, ao meio-dia

O que Fux disse hoje

“Se o desprezo às decisões judiciais ocorre por iniciativa do Chefe de qualquer dos Poderes, essa atitude, além de representar atentado à democracia, configura crime de responsabilidade, a ser analisado pelo Congresso Nacional”.

Segundo Fux, “um ambiente político maduro, questionamentos às decisões judiciais devem ser realizados não através da desobediência, não através da desordem, e não através do caos provocado, mas decerto pelos recursos, que são as vias processuais próprias”.

“Ofender a honra dos ministros, incitar

Continue lendo no Diário do Centro do Mundo.