O É DA COISA: Supremo não se intimida; Bolsonaro segue com provocações

Continue lendo no Reinaldo Azevedo.