Xamã do QAnon se declara culpado no caso do ataque ao Capitólio

Jacob Chansley, mais conhecido como Bisão ou xamã do QAnon, se declarou culpado na sexta-feira de obstruir os procedimentos do Colégio Eleitoral no ataque ao Capitólio, em 6 de janeiro. O homem que invadiu a sala do Senado exibindo chifres, peles na cabeça e o peito descoberto pode ser condenado a uma pena de entre três e quatro anos de prisão. Chansley, que chegou a um acordo com os promotores que cuidam do caso em uma audiência virtual no Tribunal Federal de Distrito em Washington, conhecerá a sentença no dia 17 de novembro.

Seguir leyendo

Continue lendo no EL PAÍS Brasil.