Foro de Teresina #166: Em marcha para a escuridão

Após ter a quebra de sigilos fiscal e bancário ordenada pela Justiça, o vereador Carlos Bolsonaro se junta ao senador Flávio Bolsonaro e à ex-madrasta deles, Ana Cristina Valle, na lista de parentes do presidente suspeitos da prática de rachadinha. No Foro de Teresina 166, Fernando Barros, José Roberto de Toledo e Ana Clara Costa falam dessas suspeitas e de suas implicações. O episódio trata do imbróglio entre governo e empresariado, dos atos do Sete de Setembro e do envolvimento do PCC nos ataques em Araçatuba (SP). 

window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area” });

Bloco 1: Rachadinha pouca é bobagem
Na terça-feira (31), a Justiça do Rio de Janeiro anunciou a quebra de sigilos fiscal e bancário do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos), para investigar a contratação de funcionários fantasmas e a prática de rachadinhas no seu gabinete na Câmara de Vereadores da capital fluminense. O senador

Continue lendo na Revista Piauí.