Estadão dá tiro no pé

Foto: Gabriel Paiva

O jornal O Estado de S. Paulo comprometeu a própria credibilidade perante seus 232,8 mil leitores diários (*) ao dedicar, na edição do dia 22 de agosto (domingo), uma página dupla (duas páginas vizinhas) para publicar um conjunto de textos, aparentemente jornalísticos, sobre o conflito entre ruralistas e indígenas.

Aparentemente jornalísticos porque, segundo o site Intercept, os textos foram produzidos por uma agência publicitária com o suporte financeiro de uma instituição mantida por associações de grandes ruralistas e por empresas produtoras de adubos e agrotóxicos. O objetivo é fazer lobby contra o STF que deve julgar nos próximos dias um processo regulando a demarcação de terras indígenas em todo país.
A página dupla foi produzida pela empresa Estadão Blue Studio, que segundo consta em sua

Continue lendo no Observatório da Imprensa.