Abrir mão da Petrobrás traz prejuízo econômico e estratégico, afirma economista

Da Imprensa do Sindipetro-MG 

A economista Juliane Furno entende da pauta dos petroleiros: seu doutorado, defendido na Unicamp, foi sobre a política de conteúdo local de petróleo e gás. Ela também já atuou como pesquisadora no Sindicato dos Petroleiros Unificado de São Paulo e Norte Fluminense, além de já ter sido assessora parlamentar.

Atualmente, Juliane é economista-chefe do Instituto para a Reforma das Relações Estado e Empresas (IREE), colunista do Brasil de Fato, militante do Levante Popular da Juventude e da Consulta Popular. Também dá nome ao canal  Economia com Ju Furno no Youtube.

Ela participou da mesa de abertura do 35º Congresso dos Petroleiros de Minas Gerais, realizado de 14 a 17 de julho, e conversou com a comunicação do Sindipetro MG. Confira abaixo:

Você estudou no seu doutorado os “Limites e possibilidades do desenvolvimento econômico na periferia capitalista: a Política de Conteúdo Local no setor de Petróleo e Gás”.


Continue lendo no O Cafezinho.