Bolsonaro critica Fundo Eleitoral de R$ 5,7 bi e ameaça vetá-lo

O presidente Jair Bolsonaro criticou neste domingo (18.jul.2021) o aumento do Fundo Eleitoral para R$ 5,7 bilhões aprovado pelo Congresso na última semana.

Disse a jornalistas na saída do hospital onde estava internado em São Paulo que “vai buscar dar bom final a isso“.

O texto do Fundo Eleitoral foi aprovado na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2022  na 5ª feira (15.jul.2021). A norma aprovada contém a possibilidade de aumentar o fundo, usado por partidos e candidatos para fazer campanha. Os recursos destinados a esse fim podem chegar a R$ 5,7 bilhões. Em 2020 foram R$ 2 bilhões.

Bolsonaro declarou que com o novo valor, seus ministros poderiam asfaltar todas as rodovias do Brasil ou levar água ao Nordeste.

“Sigo a minha consciência e sigo a economia e a gente vai buscar dar um bom final para isso daí. Afinal de contas, eu já antecipo, R$ 6 bilhões para fundo eleitoral, pelo amor


Continue lendo no Poder 360.