Em 2020, “dependentes” de militares receberam pensões 47% maiores que as de civis

Dos 529 mil parentes de servidores que receberam pensão do governo federal no ano passado, 233 mil são parentes de militares que morreram. Embora haja mais pensionistas ligados a servidores civis do que a militares, são as pensões das Forças Armadas que respondem pela maior fatia do bolo. Em média, no ano passado, as pensões militares foram 47% maiores que as civis. Parentes de militares mortos receberam, em média, pensões de R$ 6,9 mil por mês, enquanto parentes de servidores civis receberam R$ 4,7 mil. O cálculo foi feito com base no valor líquido recebido pelos pensionistas.

window.uolads && window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area” });

Os militares são responsáveis pela maior fatia dos bilhões que o governo federal destina, todo ano, para seus pensionistas. No ano passado, esses benefícios custaram R$ 36,6 bilhões aos cofres públicos, um valor maior do que o orçamento do Bolsa-Família. A diferença é

Continue lendo na Revista Piauí.