Quem atacou as instituições nesta quarta foi Bolsonaro. E aí, Braga Netto?

Continue lendo no Reinaldo Azevedo.