Governador gaúcho assume que é gay e sua candidatura cresce na “terra de ninguém”

Foto: Gustavo Vara

Vamos começar a nossa conversa descrevendo o cenário de hoje (03/07) para a eleição pela Presidência da República em 2022. Em uma trincheira está o atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), e na outra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT-SP). E entre as duas trincheiras perfilam-se pelo menos cinco ou seis políticos tentando tornar relevantes as suas candidaturas para serem uma opção entre Bolsonaro e Lula. Um deles é Eduardo Leite (PSDB-RS), governador do Rio Grande do Sul. O espaço entre essas duas trincheiras chama-se “terra de ninguém”, um nome cunhado pelos soldados que lutaram na Primeira Guerra Mundial (1914 a 1918). Há um filme chamado 1917, que recebeu 10 indicações para o Oscar em 2020 e ganhou três, que mostra com uma riqueza impressionante

Continue lendo no Observatório da Imprensa.