Salles cai no dia em que CPI chega ao gabinete de Bolsonaro

Jair Bolsonaro foi avisado pessoalmente sobre as possíveis irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin e não tomou providências. Em entrevista aos repórteres Natália Portinari, Julia Lindner e Thiago Bronzatto, o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Fernandes Miranda disse ter se encontrado com o presidente no Palácio da Alvorada no dia 20 de março e mostrado a ele documentos com pedido para pagamento antecipado fora do contrato para importar doses perto do vencimento. A Covaxin foi…


Continue lendo no Canal Meio.